Há casos “em investigação” para identificar nova variante, diz Graça Freitas

Até à data não foi detetado nenhum caso em Portugal. Diretora-Geral de Saúde deixa apelo a quem viaje da África Austral ou de Angola que de dirija a uma farmácia para fazer um teste antigénio.

As autoridades de saúde portuguesas já estão a investigar casos de covid-19 para verificar se correspondem à Omicron, a nova variante da covid-19, afirmou este sábado Graça Freitas. Até à data não foi detetado nenhum caso em Portugal, garantiu.

Neste momento há casos em investigação. Não quer dizer que sejam casos suspeitos, estão a ser investigados. É óbvio que estamos preocupados”, afirmou a diretora-geral de Saúde. Explicou ainda que, quando é detada uma situação que pode ser de risco, os casos são sinalizados e feita a investigação genómica.

Graça Freitas deixou ainda um apelo: “Todas as pessoas que venham da África Austral ou Angola por favor dirijam-se a uma farmácia e façam um teste rápido. É gratuito e ficam a saber se estão ou não infetados. Cinco dias depois voltam a fazer o teste para saberem de estão bem”.

A nova variante do coronavírus, detetada na quinta-feira pela primeira vez na África do Sul, é considerada “preocupante” pela Organização Mundial de Saúde (OMS), apresentando um risco aumentado de contágio em comparação com outras estirpes, incluindo a Delta, dominante e já muito contagiosa. Na Europa, já foi detetada na Bélgica e há um caso suspeito na Alemanha.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há casos “em investigação” para identificar nova variante, diz Graça Freitas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião