MetLife e Mudey reforçam parceria com seguros de Saúde

  • ECO Seguros
  • 1 Dezembro 2021

A insurtech portuguesa 100% digital vai assegurar a distribuição dos seguros MetLife Cares Hospital+ e MetLife Doenças Graves.

A MetLife e a insurtech portuguesa Mudey reforçaram a sua parceria estratégica com a assinatura de um acordo para a distribuição dos seguros Cares Hospital + e Doenças Graves, ambos produtos da seguradora global.

“A inovação e a digitalização são um pilar fundamental da nossa estratégia e estamos muito satisfeitos com o reforço da nossa parceria com a Mudey. Há vários anos que a MetLife apoia o ecossistema insurtech em Portugal, porque acreditamos que este esforço de cooperação traz vantagens para o negócio – que se torna mais ágil e flexível – e para os clientes, que beneficiam de um relacionamento mais dinâmico e simplificado. Além disso, estamos a responder a uma necessidade do mercado, numa realidade pós-pandemia, com os clientes a apostarem fortemente nos canais digitais,” disse Oscar Herencia, vice-presidente da MetLife para o sul da Europa e diretor geral de Espanha e Portugal.

A Mudey, pioneira como plataforma 100% digital na mediação de seguros em Portugal, distribui os Seguros de Vida e de Acidentes Pessoais da MetLife desde 2021. Em conjunto, as duas empresas desmaterializaram processos para garantir uma adesão 100% digital. Em consequência, “o cliente apenas tem de preencher um questionário simples, analisar as soluções personalizadas para o seu caso concreto e efetuar a compra online, em minutos”, sem ter de apresentar documentação que comprove o estado de saúde.

A necessidade de segurança e tranquilidade para o segurado e família “são fatores determinantes na adesão a um seguro”, realça a companhia norte-americana que foi a primeira seguradora estrangeira a instalar-se em Portugal, há mais de 35 anos, servindo atualmente mais de 500 mil clientes neste mercado.

No âmbito das soluções que potenciam a parceria com a mediadora digital, o Seguro de Doenças Graves da MetLife proporciona proteção no caso de diagnóstico de doenças que estão entre as principais causas de morte e incapacidade permanente em Portugal: cancro, enfarte do miocárdio e AVC. Nessa situação, o segurado tem acesso nesse momento ao capital seguro (até 40.000 euros), de utilização livre, podendo concentrar-se na recuperação e evitar preocupações adicionais. O seguro dá acesso a coberturas adicionais, como assistência domiciliária e psicológica, aconselhamento médico telefónico, assistência na recuperação ou convalescença domiciliária, serviço de acompanhamento durante o período de convalescença, envio de profissionais de estética, entre outros.

Com o MetLife Cares Hospital+, o segurado beneficia de uma solução integrada que dá acesso a um montante diário por cada dia de hospitalização por doença ou acidente de até 50 euros. Junto com uma rede convencionada de cuidados de saúde com mais de 25 mil especialistas em 95 clínicas, o produto dá acesso a consultas e atendimentos de urgências, acesso a rede dentária com serviços gratuitos ou mesmo a terapias alternativas.

Segundo explica a companhia seguradora, se após o período de internamento a pessoa segura ainda estiver incapacitada para poder trabalhar e não tiver direito a baixa da segurança social – especialmente se for trabalhador(a) independente – o seguro de hospitalização e acidentes permite aceder a um subsídio diário mediante apresentação de um atestado médico.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MetLife e Mudey reforçam parceria com seguros de Saúde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião