ANA quer desincentivar uso de aviões pequenos em Lisboa

  • ECO
  • 2 Dezembro 2021

Para desincentivar a utilização de aviões pequenos no aeroporto de Lisboa, a ANA quer que o valor mínimo da taxa de estacionamento passe das atuais 14 toneladas para as 45 toneladas.

A partir de 2022, a ANA – Aeroportos de Portugal pretende introduzir alterações ao modelo da estrutura tarifária dos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, para desincentivar o uso de aviões mais pequenos, mas também adequar as taxas no Algarve aos períodos de menor procura, revela esta quinta-feira o Jornal de Negócios (acesso pago).

Particularmente no aeroporto da capital, a empresa tenciona, quanto à taxa de estacionamento, que “o valor mínimo passe das atuais 14 toneladas para 45 toneladas, desincentivando assim a utilização destas aeronaves mais pequenas“. Deste modo, deixa de haver diferença no valor cobrado a aeronaves abaixo das 45 toneladas, o que, tendo em conta a capacidade limitada da infraestrutura aeroportuária de Lisboa, poderá incentivar o uso de aviões de maior dimensão, o que permitiria realizar menos voos mas transportar mais passageiros.

Fonte oficial da empresa disse ao jornal que esta proposta visa promover “rotações mais rápidas e reduzir o valor do estacionamento no período noturno, em que o aeroporto tem limitações de operação por via ambiental”. A intenção é que, para períodos de estacionamento inferiores a 24 horas, a taxação seja feita ao minuto, aplicando-se, nesse período, uma isenção entre a meia-noite e as 6 horas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ANA quer desincentivar uso de aviões pequenos em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião