Marcelo diz que eleições servirão para partidos clarificarem posições sobre TAP e novo aeroporto

Marcelo Rebelo de Sousa diz que um "aspeto positivo" das próximas legislativas é o facto de partidos terem oportunidade de "clarificar" o que pensam sobre determinados temas.

A cerca de dois meses das eleições legislativas, o Presidente da República salienta os “aspetos positivos” que este acontecimento — marcado na sequência do chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) — tem. É uma oportunidade para os partidos “clarificarem” o que pensam sobre assuntos importantes para o país, como o novo aeroporto, a TAP, a SATA e a ferrovia de alta velocidade.

Marcelo Rebelo de Sousa acredita que o facto de o OE2022 ter sido chumbado, e de o Governo ir a eleições a 30 de janeiro, não afetarão o crescimento da economia portuguesa. “Tenho a convicção que a formação do Governo e a viabilização do OE serão suficientemente rápidos para, antes do primeiro semestre, vermos um rumo“, disse esta quarta-feira, durante o 46.º Congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), em Aveiro.

Isto porque, explicou, em novembro e dezembro a execução orçamental não terá “nenhuma perturbação” e a afetação de fundos europeus do quadro comunitário anterior “responde, em parte, a essa preocupação”. O Chefe de Estado falou ainda do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e de “alguns fundos europeus”, “que não dependem estritamente da vigência do OE”.

“Tenho mesmo a convicção de que a governabilidade e a sustentabilidade estarão presentes, desde logo, na viabilização do Governo — qualquer que ele seja — e na viabilização do OE, qualquer que seja o Executivo que os proponha no Parlamento”, afirmou Marcelo.

Nesse sentido, o Presidente da República quis esclarecer alguns “aspetos positivos” das eleições de janeiro, começando, desde logo, pela decisão quanto ao novo aeroporto de Lisboa. “Não há nada como clarificar antes da legislatura, para depois não haver surpresas”, disse, voltando a afirmar — como tem sido habitual — que a localização deve ser escolhida em 2022.

Outro tema que deve ser clarificado pelos partidos candidatos às legislativas tem a ver com as ajudas à TAP. “É muito importante que nas próximas eleições os partidos concorrentes clarifiquem a sua posição” quanto à companhia aérea nacional, disse. “Sonhar com um hub forte em Portugal implica apostar na reforma da TAP e na sua viabilização”, acrescentou, mostrando que é a favor das ajudas estatais à empresa.

“A alternativa de se esperar que venha o mercado, à saída de uma crise, numa galáxia diferente, salvar uma situação que decorreria da extinção da TAP, substituindo o seu papel, é esperar o impossível”, disse Marcelo, salientando a importância da companhia para o país.

A SATA e ainda a aposta na ferrovia de alta velocidade são outros dos temas que Marcelo considera que os partidos devem clarificar antes das eleições, mostrando o que pensam sobre cada um. “É bom que aqueles que se propõem governar o país digam o que pensam”, disse.

O Presidente da República aproveitou este discurso para falar na situação pandémica do país, no dia em que Portugal registou 4.670 novos casos de infeção e 17 mortes. “É preciso ter a cabeça fria”, disse o Chefe de Estado, referindo-se à nova variante africana e às notícias que têm sido publicadas. “Uma coisa é saber cumprir as restrições e prevenir para não ter de se remediar. Outra coisa é esquecer a vacinação e entrar no alarmismo, quando o que se precisa é de serenidade e ponderação num processo de abertura que iniciámos e queremos continuar”, rematou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo diz que eleições servirão para partidos clarificarem posições sobre TAP e novo aeroporto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião