Portugal com 4.670 novos casos de Covid-19 e mais 17 mortes

O boletim da DGS dá conta de que, nas últimas 24 horas, foram identificados 4.670 casos de Covid-19 e morreram 17 pessoas.

Foram identificados 4.670 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas. O boletim divulgado, esta quarta-feira, pela Direção-Geral da Saúde indica que morreram 17 pessoas, desde o último balanço. O índice de transmissibilidade caiu, mas o nível de incidência registou um agravamento.

Desde o início da crise sanitária, já foram confirmados 1.151.919 casos de infeção, em Portugal. Destes, 4.670 foram identificados, nas últimas 24 horas, sendo este o número mais elevado de novos casos desde meados de fevereiro, altura em que o país vivia o “pico” da pandemia.

A DGS detalha que, das referidas 4.670 infeções, 1.401 foram confirmadas em Lisboa e Vale do Tejo, 1.438 no Norte, 1.231 no Centro, 295 no Algarve, 171 no Alentejo, 91 na Madeira e 43 nos Açores.

Também o número de casos ativos aumentou desde o último balanço. Há agora mais 2.207 pessoas nessa situação, totalizando 55.778 casos ativos. Por outro lado, 2.446 portugueses recuperaram da doença pandémica, nas últimas 24 horas, o que significa que, desde o início da pandemia, 1.077.683 pessoas já foram dadas como recuperadas da infeção em Portugal.

O boletim desta quarta-feira indica também que mais 17 pessoas morreram infetadas pelo vírus pandémico, desde o último balanço: seis no Centro, quatro em Lisboa e Vale do Tejo, três na Madeira, duas no Norte, uma no Alentejo e uma no Algarve. O número total de falecimentos por Covid-19 registados em Portugal aumentou, assim, para 18.458, desde o início da crise sanitária.

De notar também que, nas últimas 24 horas, mais oito pessoas foram internadas, havendo agora 841 utentes hospitalizados. Já número de utentes em cuidados intensivos ficou estável. Há, neste momento, 116 pessoas nessa situação.

Quanto ao número de contactos sob vigilância ativa, as autoridades indicam que há agora mais 2.821 pessoas nessa situação, totalizando 67.805.

O boletim desta quarta-feira traz também uma atualização da matriz de risco: o risco de transmissibilidade nacional caiu de 1,17 para 1,15, enquanto a incidência nacional subiu de 325,9 para 349,8 casos de infeção por 100.000 habitantes.

Portugal regressou esta quarta-feira à situação de calamidade, tendo o Governo imposto restrições mais apertadas, da testagem ao teletrabalho, passando pelos certificados e pela máscara. Isto face à tendência crescente da atividade epidémica de SARS-CoV-2.

Boletim da DGS de 01 de dezembro de 2021

(Notícia atualizada às 15h10)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal com 4.670 novos casos de Covid-19 e mais 17 mortes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião