Bruno Borges é o novo diretor-geral da Free Now

O novo líder da Free Now em Portugal era há dois anos o diretor de operações da plataforma de mobilidade.

Bruno Borges é o novo diretor-geral da Free Now, substituindo Sérgio Pereira no cargo, que deixou a plataforma em setembro. A escolha da empresa para a liderança no mercado português incidiu no, até aqui, diretor de operações.

“É com enorme orgulho e sentido de responsabilidade que aceito este desafio. Os objetivos estão perfeitamente identificados e são, quanto a mim, apesar de ambiciosos, possíveis de atingir. Queremos conquistar quota de mercado e reforçar, em Portugal, o estatuto de liderança que temos a nível europeu no que diz respeito às plataformas de multimobilidade”, diz Bruno Borges, o novo diretor-geral da Free Now em Portugal, citado em comunicado.

“Temos algumas novidades preparadas já para 2022 que irão, certamente, ao encontro do posicionamento responsável assumido pela empresa em termos de sustentabilidade. Queremos atingir emissões zero de carbono até 2030 sem, todavia, comprometer a competitividade e a qualidade global dos nossos serviços. Iremos, por isso, oferecer cada vez mais alternativas de mobilidade aos nossos utilizadores. Isto, claro, sem esquecer o core do nosso negócio, TVDE e táxi, no qual estamos apostados em estreitar e reforçar a relação com os nossos motoristas que são, para nós, fundamentais para elevar, cada vez mais, os padrões da nossa operação”, acrescenta.

A nomeação de Bruno Borges surge depois de dois anos em que o profissional desempenhou o cargo de diretor de operações. Licenciado e com mestrado em Engenharia do Ambiente, na Universidade de Coimbra, com passagem pela Universidade de Liège (Bélgica), Bruno Borges especializou-se em mobilidade urbana com um doutoramento concluído na Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil).

O profissional iniciou o seu percurso no Brasil, como head of projects da LabTrans (Laboratório de Transportes e Logística do Campus Universitário de Florianópolis), e, já em Portugal, a sua carreira passou pela MPT – Mobilidade e Planeamento do Território e na Exacto, pela Deloitte Portugal como consultant – strategy & operations (entre 2018 e 2019), até se mudar para a Free Now, na altura ainda Kapten.

A joint venture de multimobilidade detida pela BMW Group e pela Daimler AG, além de TVDE e táxi, oferece serviços de micromobilidade, como trotinetas e bicicletas elétrics partilhadas, usadas por 50 milhões de utilizadores em 16 mercados em mais de 150 cidades. A empresa conta ainda cerca de 2.000 colaboradores distribuídos por 35 escritórios.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruno Borges é o novo diretor-geral da Free Now

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião