EUA voltam a desaconselhar viagens a Portugal

  • ECO
  • 6 Dezembro 2021

As autoridades de saúde norte-americanas colocaram Portugal no nível 4 de risco Covid, o mais elevado da escala, e é agora um destino a evitar em qualquer viagem.

Portugal volta à lista de risco máximo, o nível quatro, do Centro de Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) dos EUA. É neste grupo, para onde é desaconselhada qualquer viagem, que estão a maioria dos países europeus, com algumas exceções. Finlândia, Itália, Malta, Espanha e Suécia mantém-se no nível três de risco do CDC.

“Devido à atual situação em Portugal, até os viajantes totalmente vacinados podem ficar em risco de contrair ou disseminar as variantes da Covid”, indica o site do CDC, depois de destacar que “deve evitar viajar para Portugal” ou assegurar que tem a vacinação completa.

Na atualização desta segunda-feira, a lista de risco máximo tem agora 83 destinos, onde passou a constar também, além de Portugal, a França, Andorra, Chipre, Liechtenstein, Tanzânia e Jordânia.

Para viajar para os EUA, o centro avisa que antes do embarque todos devem ter um teste negativo feito há pelo menos 24 horas. Só as crianças com menos de dois anos não necessitam de apresentar teste. As autoridades recomendam ainda a realização de um novo teste três a cinco dias depois da chegada aos EUA.

Portugal já tinha estado neste nível de risco em julho deste ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EUA voltam a desaconselhar viagens a Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião