Ómicron leva ao cancelamento de mais de 2.100 voos em todo o mundo esta segunda-feira

  • Lusa
  • 27 Dezembro 2021

No aeroporto de Lisboa, esta segunda-feira, foram cancelados 12 voos nas chegadas, 10 dos quais da TAP, e 12 nas partidas, 11 da transportadora aérea portuguesa.

Mais de 2.100 voos foram esta segunda-feira cancelados por companhias aéreas de todo o mundo devido à variante Ómicron, da covid-19, que perturbou viagens após pilotos terem ficado doentes ou em isolamento.

Segundo o mais recente balanço do portal Flightaware, citado pela agência France-Presse (AFP) e datado das 11:30 de Lisboa, as perturbações ocorreram principalmente na China, Indonésia e Estados Unidos da América.

No fim de semana do Natal foram cancelados 8.000 voos, sendo esperados já 800 na terça-feira. O portal estimava 80.000 voos comerciais diários em todo o mundo antes da onda de cancelamentos que se iniciou na sexta-feira.

Pilotos, assistentes de bordo e outros funcionários tiveram de ser colocados em isolamento após terem sido expostos à covid-19, levando companhias aéreas como a Lufthansa, SAS, Delta, United Airlines e Alaska Airlines a cancelarem voos.

As companhias aéreas China Eastern e Air China cancelaram, respetivamente, 418 voos (20% do seu plano de voo) e 196 voos (17% das partidas), segundo a mesma fonte. As indonésias Lion Air e Batik Air cancelaram 23% e 28% dos seus planos de voo.

Também as norte-americanas SkyWest, United, Alaska Airlines e American Airlines cancelaram dezenas de voos. Além da covid-19, alguns dos cancelamentos também podem atribuídos a condições meteorológicas, encerramento de fronteiras ou imperativos comerciais, segundo a agência France-Presse (AFP).

Segundo os dados disponíveis no ‘site’ da ANA, no que se refere ao aeroporto de Lisboa, contabilizam-se esta segunda-feira 12 voos cancelados nas chegadas, 10 dos quais da TAP, e 12 nas partidas, 11 da transportadora aérea portuguesa.

Este domingo, verificaram-se nove voos cancelados nas chegadas, oito da TAP e um da Orbest, e 11 nas partidas, todos da TAP, enquanto no sábado já tinham sido registados nove voos cancelados nas partidas do Aeroporto Humberto Delgado, sete dos quais da TAP, e 10 nas chegadas, oito da TAP.

Na sexta-feira, foram cancelados nove voos nas chegadas e 10 nas partidas. Do total, 17 pertenciam à TAP e os restantes à Transavia.

No que diz respeito ao Aeroporto do Porto, somam-se esta segunda-feira nove voos cancelados, sete da TAP e dois da EasyJet Europe, mais quatro da TAP nas partidas. Este domingo, no aeroporto do Porto, já tinham sido cancelados dois voos nas chegadas e outros dois nas partidas, envolvendo as companhias TAP e Wizz Air Hungary.

Neste aeroporto totalizaram-se, na sexta-feira, cinco voos cancelados nas chegadas e dois nas partidas, enquanto no sábado verificaram-se mais três cancelados nas chegadas e dois nas partidas. Ainda neste aeroporto, a maioria dos voos cancelados, entre sexta e sábado, pertenciam à companhia Wizz Air, seguida pela TAP.

Segundo os dados disponíveis do ‘site’ da ANA, não foram registados cancelamentos no Aeroporto de Faro na sexta-feira, sábado e segunda. No domingo também não se constataram cancelamentos nas chegadas, mas houve um da TAP nas partidas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ómicron leva ao cancelamento de mais de 2.100 voos em todo o mundo esta segunda-feira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião