ECI, Nestlé, Teleperformance… Estas são as empresas mais diversas em 2021

O El Corte Inglés consegue destacar-se nesta matéria, pois figura em cinco das seis categorias a concurso. Ao todo foram reconhecidas 14 empresas, em seis categorias.

O El Corte Inglés (ECI), a Nestlé, a Teleperformance, a Sonae MC, a Portugália e a McDonald’s Portugal são algumas das empresas reconhecidas pela Associação Portuguesa para a Diversidade e Inclusão (APPDI), em conjunto com o Alto Comissariado para as Migrações, com o “Selo da Diversidade 2021”. Este reconhecimento é atribuído a empresas cujos valores se baseiam no respeito pela própria empresa, pelos outros, pela diversidade e pela futuro, sendo a apostar na diversidade e inclusão parte do ADN das companhias. Das 14 empresas distinguidas, entre seis categorias específicas, o ECI é a organização que recebe maior número de distinções (cinco), seguida da Nestlé (três).

“Na Nestlé procuramos assegurar que a diversidade e inclusão são parte integrante da forma como trabalhamos, o que envolve proporcionar um local e ambiente de trabalho que valoriza as diferenças de cada colaborador, e que inova na forma como dá resposta às necessidades dos nossos variados clientes e consumidores em todos as geografias onde estamos presentes. A conquista deste selo só vem confirmar que estamos no bom caminho”, afirma Maria do Rosário Vilhena, diretora de recursos humanos da Nestlé Portugal, citada em comunicado.

Maria do Rosário Vilhena, diretora de RH da Nestlé.Hugo Amaral

A companhia figura em três das seis categorias do “Selo da Diversidade”: “Cultura organizacional”, “Desenvolvimento profissional e progressão na carreira” e “Condições de trabalho e acessibilidades”.

Da primeira categoria, na qual a Nestlé se destaca pela sua política de proteção parental (“Cultura organizacional”), consta também a Teleperformance, multilingual hub que alberga quase 100 nacionalidades e 20 línguas, a Sonae MC e a Stravillia. Mas esta categoria só está completa com o Agrupamento de Escolas de Mem Martins, graças ao projeto 3B (Bem-Querer, Dizer e Merecer).

Já na categoria “Desenvolvimento profissional e progressão na carreira”, a Nestlé — com a sua E-Business Academy — aparece ao lado do ECI (com o programa “Estudar+: Não deixar ninguém para trás”), da Renault Cacia (que tem um protocolo de colaboração com a Escola Profissional de Aveiro), e da Natixis in Portugal (com a comunidade de colaboradores “WINN Portugal”).

A última menção à Nestlé aparece na categoria “Condições de trabalho e acessibilidade”, na qual também é distinguido, uma vez mais, o ECI, com o seu projeto “SIS@C: Capacitar e contratar pessoas com deficiência motora”. E ainda atribuído o “Selo da diversidade” nesta categoria à Fundação AFID Diferença, com o projeto “Cuidar de Quem Cuida”.

El Corte Inglés é a empresa que recebe mais distinções

Se a Nestlé surge em três das seis categorias a concurso, o ECI consegue figurar em cinco. Além de serem reconhecidas as suas práticas em matéria de desenvolvimento profissional e condições de trabalho, a cadeia de retalho espanhola destaca-se pelo “Compromisso da gestão de topo e dos outros níveis hierárquicos”, área na qual desenvolveu, por exemplo, o “Wellcome Back”. Mas há mais companhias a merecerem este prémio.

É o caso da Fundação AFID Diferença, que mostram grande diversidade na gestão, e da Gebalis, devido à integração contínua da política de responsabilidade social na governança empresa, justifica a APPDI no documento que dá conta dos vencedores.

No que toca ao “Recrutamento, seleção e práticas de gestão de pessoas”, ECI, Câmara Municipal de Lisboa, Portugália e McDonald’s Portugal são as empresas distinguidas. Todas demonstraram possuir práticas de empregabilidade inclusiva. O El Corte Inglés com integração socioprofissional de imigrantes e a McDonald’s Portugal com a contratação de pessoas surdas.

Finalmente, em matéria de “Comunicação da Carta e dos seus princípios”, o projeto “Responsavelmente”, do ECI, e o “Speak”, da Share Your World (SYW), são os programas que fazem destas duas entidades merecedoras de figurar nesta categoria.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ECI, Nestlé, Teleperformance… Estas são as empresas mais diversas em 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião