SNS atinge novo recorde de horas extras em 2021

  • ECO
  • 8 Janeiro 2022

Em 2021, os profissionais do SNS realizaram 21,9 milhões de horas extraordinárias, mais 26% do que em 2020, ano em que já se tinha batido um recorde.

Os profissionais do Serviço Nacional de Saúde realizaram em 2021 o maior número de horas extraordinárias de sempre: 21,9 milhões de horas. Segundo avança este sábado o Público, em causa está um salto de 26% face ao total de horas extras feitas em 2020, ano que, por efeito da pandemia, já se tinha batido um recorde nesse âmbito.

O Portal do SNS não permita desagregar o número de horas extraordinárias por grupo profissional, nem indica os custos associados, mas nos primeiros nove meses do ano o custo já ascendia a 300 milhões de euros, tinha avançado o mesmo jornal.

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos, Jorge Roque Cunha, estima que “os médicos deverão ter feito cerca de 7,5 milhões de horas extra”, defendendo que tal mostra que “é evidente que o SNS precisa de contratar mais médicos, ter melhores condições de trabalho, mais investimento”. Caso contrário, “o número de rescisões vai continuar a aumentar e vão existir reformas e, se nada for feito, vai manter-se a incapacidade de captar novos especialistas“, avisa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

SNS atinge novo recorde de horas extras em 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião