Após pico da inflação, Wall Street sobe com foco nos lucros das cotadas

Segundo os dados da Refinitiv, os analistas esperam uma subida dos lucros de 22,4%, mas os investidores estarão atentos também às indicações que as empresas dão sobre o desempenho esperado para 2022.

Após uma sessão marcada pela aceleração da inflação para 7%, dentro das expectativas dos economistas, Wall Street abriu esta quinta-feira em alta com o foco dos investidores a mudar para a época de resultados, isto é, para os lucros das cotadas.

O Dow Jones sobe 0,35%, para 36.418,36 pontos; o Nasdaq avança 0,42%, para 15.251,87 pontos; e o S&P 500 valoriza 0,33%, para 4.741,84 pontos.

Esta quarta-feira foi revelado que a taxa de inflação atingiu os 7% em dezembro, em termos homólogos, o que ficou dentro das previsões dos economistas e acalmou os investidores perante a expectativa de que a evolução podia ser ainda maior — apesar de este valor ser o mais elevado desde 1982 nos EUA. Esta quinta-feira foi publicado o índice de preços no produtor, o qual subiu apenas 0,2% em cadeia (abaixo dos 0,4% esperados pelos economistas), o que indicia que a inflação pode estar a desacelerar.

Apesar destas flutuações da inflação, o facto de não haver surpresas levou as bolsas norte-americanas a negociar em terreno positivo, recuperando parcialmente das quedas da semana passada.

Um exemplo da época de resultados é a transportadora aérea norte-americana Delta Air Lines que superou as expectativas de lucros e receitas e reafirmou as previsões para o ano de 2022, o que levou as ações a subirem mais de 1%. Nota também para a Boeing, que sobe 2% após a Bloomberg ter revelado que o avião 737 Max poderá voltar a voar ainda este mês na China.

Os analistas esperam que esta seja mais uma época de resultados forte das cotadas norte-americanas, dada a recuperação da economia, mesmo tendo em conta o impacto da Ómicron. Esta será uma oportunidade para a atenção dos investidores estar menos focada na inflação e na política monetária e mais nos números das empresas.

A época de resultados arranca esta semana com vários bancos norte-americanos a divulgarem resultados esta sexta-feira antes da abertura da bolsa. Segundo os dados da Refinitiv, os analistas esperam uma subida dos lucros de 22,4%, mas os olhos dos investidores devem estar também nas indicações que as empresas darão sobre o desempenho esperado para 2022.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Após pico da inflação, Wall Street sobe com foco nos lucros das cotadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião