Nuno Flora é o novo líder dos distribuidores farmacêuticos

O ex-secretário-geral da Associação Nacional das Farmácias, que soma duas décadas de experiência no setor da saúde, sucede a Nuno Cardoso na presidência da Associação de Distribuidores Farmacêuticos.

Nuno Flora é o novo presidente da ADIFA – Associação de Distribuidores Farmacêuticos, fundada em 2017, que representa as principais empresas de distribuição de medicamentos e produtos de saúde em Portugal.

O sucessor de Nuno Cardoso, que tinha sido eleito para o cargo em 2020, tem formação em Comunicação e Gestão, soma mais de duas décadas de experiência no setor da Saúde e era até agora secretário-geral da Associação Nacional das Farmácias (ANF).

O novo líder da ADIFA afirma, em comunicado, que quer “assegurar que a distribuição farmacêutica de serviço completo tem condições para dar uma resposta adequada, atempada e contínua às necessidades de abastecimento das farmácias, de forma que todos os cidadãos tenham acesso às mais variadas tecnologias de saúde”.

Estes distribuidores farmacêuticos asseguram várias vezes ao dia o fornecimento “atempado e contínuo das farmácias a nível nacional, sem exceção ou diferenciação”. Realizam diariamente mais de 6.000 entregas, distribuídas por cerca de 815 viaturas que percorrem 200 mil quilómetros diários, a partir de 27 plataformas logísticas.

Pretendemos ver estabelecidas medidas concretas que viabilizem a sustentabilidade económico-financeira da atividade.

Nuno Flora

Presidente da ADIFA – Associação de Distribuidores Farmacêuticos

Além do “reconhecimento da distribuição farmacêutica como serviço de interesse público essencial” no país, o gestor, que acaba de iniciar funções, ambiciona a aprovação de “medidas concretas que viabilizem a sustentabilidade económico-financeira da atividade, ao mesmo tempo que mantém o compromisso do setor em continuar a contribuir para a acessibilidade ao medicamento e coesão territorial”.

Nuno Flora, que esteve à frente do Gabinete de Crise Covid-19 da ANF que definiu a estratégia de atuação das farmácias durante a pandemia, participou igualmente em vários processos negociais com o Ministério da Saúde, dos quais resultaram, por exemplo, a implementação de serviços de saúde nas farmácias, incentivos para o crescimento do mercado de medicamentos genéricos ou a dispensa de medicamentos antirretrovirais e oncológicos nas farmácias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nuno Flora é o novo líder dos distribuidores farmacêuticos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião