Programa “Check-In” da Nova SBE regressa para apoiar recuperação do turismo. Candidaturas abertas

O programa pretende apoiar as startups nacionais e internacionais a desenvolverem as melhores soluções, em conjunto com parceiros do mercado.

Estão abertas as inscrições para a 2.ª edição do “Check-In – Tourism Innovation on Campus”. O objetivo do programa é trazer às startups e PME nacionais e internacionais os recursos, dinamismo e inovação determinantes para vingarem nesta nova era do turismo, durante e pós pandemia. As startups interessadas poderão fazer a sua candidatura ao programa até 6 de fevereiro, sendo que o “Check-In” arranca oficialmente a 28 de março.

“Após seis décadas de crescimento extraordinário, o setor do turismo foi quase totalmente paralisado pela pandemia da Covid-19. É necessário avançar rapidamente para uma recuperação sustentada deste setor intensificando a digitalização das empresas e da força de trabalho no turismo. As tecnologias digitais precisam de ser usadas para aumentar a segurança e confiança dos viajantes e, ao mesmo tempo, repensar o setor de forma integrada e sinergética”, lê-se em comunicado.

Promovido pelo Haddad Entrepreneurship Institute em cooperação com o Westmont Institute of Tourism and Hospitality, ambos institutos da Nova SBE, e em parceria com o Turismo de Portugal, o programa “Check-In” pretende apoiar as startups nacionais e internacionais a desenvolverem as melhores soluções, em conjunto com experientes parceiros do mercado. O objetivo é, posteriormente, colocarem essas mesmas soluções à disposição do setor das viagens e turismo.

Adicionalmente, as startups participantes poderão ainda vir a integrar o ecossistema de inovação da Nova SBE, através da comunidade de startups do Haddad Entrepreneurship Institute, que irá permitir uma maior aproximação das startups aos alunos, recursos e network da escola.

A receção de candidaturas decorre até 6 de fevereiro, sendo que a partir daí, e até 27 de março, serão pré-selecionadas as startups ilegíveis a integrarem o programa, que arrancará a 28 de março com a imersão matchmaking.

“Durante os três dias desta imersão as startups terão a oportunidade de se dar a conhecer e demonstrar o valor das suas soluções às PME e entidades parceiras, evidenciando a contribuição significativa que podem trazer para mudar o panorama do setor. A partir daqui serão criadas as sinergias possíveis, abrindo caminho para uma oportunidade de codesenvolvimento dos projetos-piloto, com duração de três meses”, detalha a Nova SBE.

Esta edição do “Check-In” conta com a participação de 18 parceiros PME e institucionais representativos de diversos verticais do setor como hotelaria, alojamento local, animação turística e agências de viagens.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Programa “Check-In” da Nova SBE regressa para apoiar recuperação do turismo. Candidaturas abertas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião