Aeroporto do Porto ainda está a menos de metade do nível de passageiros de 2019

  • Lusa
  • 19 Janeiro 2022

O aeroporto Francisco Sá Carneiro transportou em 2021 menos de metade dos passageiros transportados em 2019. Valor de 2021 de 5,842 milhões de passageiros corresponde a 44,5% do de 2019.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que serve o Porto, o Norte do país e a Galiza, ainda transportou em 2021 menos de metade dos passageiros transportados em 2019, de acordo com os dados de 2021 divulgados pela Vinci.

Segundo a concessionária francesa que opera os aeroportos nacionais por via da ANA – Aeroportos de Portugal, o aeroporto do Porto transportou 5,842 milhões de passageiros em 2021, o que compara com os 13,105 milhões de 2019.

O valor do ano passado representa cerca de 44,5% do de 2019, o ano imediatamente anterior à pandemia de Covid-19, o que significa que nem mais um ano completo como o de 2021 chegaria para atingir os níveis de 2019.

Ainda assim, face ao ano de 2020, o com maior impacto da pandemia, o aeroporto do Porto cresceu de 4,443 milhões de passageiros para 5,842, um aumento de 32%.

Quanto ao número de movimentos, no ano passado foi de 51.839, uma subida de 23% face aos 41.983 registados em 2020, mas bem abaixo dos 96.537 de 2019.

Os números de movimentos demonstram, porém, que um ano idêntico ao de 2021 serviria para o aeroporto Francisco Sá Carneiro superar os números do período pré-pandemia.

O aeroporto do Porto continua também a liderar, de forma destacada, o transporte de passageiros no noroeste da Península Ibérica, quando se comparam os números com os três terminais galegos (Santiago de Compostela, Corunha e Vigo), em Espanha.

Assim, em 2021 os três aeroportos galegos, juntos, transportaram 2,798 milhões de passageiros, segundo dados da operadora espanhola AENA, um valor que não chega a metade dos 5,842 que o terminal português transportou.

Individualmente, o aeroporto Rosalía de Castro, em Santiago de Compostela, transportou 1,653 milhões de passageiros, o da Corunha 595 mil e o aeroporto de Peinador, em Vigo, 549 mil passageiros.

Os números do ano passado seguem a tendência pré-pandemia, já que em 2019 o aeroporto do Porto também superava largamente os seus ‘vizinhos’ galegos.

No ano pré-pandemia, Santiago de Compostela, Corunha e Vigo registaram, em conjunto, 5,269 milhões de passageiros, também menos de metade dos 13,105 milhões registados pelo Sá Carneiro em 2019.

Em 2020, devido à pandemia, nenhum dos aeroportos galegos superou o milhão de passageiros, com Santiago de Compostela a transportar 935 mil, a Corunha 436 mil e Vigo 303 mil.

No seu conjunto, em 2020 os galegos transportaram 1,675 milhões de passageiros, também bem abaixo de metade dos 4,443 milhões registados no aeroporto do Norte de Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aeroporto do Porto ainda está a menos de metade do nível de passageiros de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião