Receios com Ucrânia e decisões da Fed voltam a ditar quedas em Wall Street

A volatilidade continua alta nos mercados norte-americanos. Os principais índices de referência arrancam em baixa, ainda com a antecipação da Fed e os riscos geopolíticos.

Wall Street arrancou a sessão desta terça-feira em queda, depois de uma reviravolta na sessão anterior ter levado os principais índices de referência a valorizar ligeiramente, depois de terem estado a cair até 4% e de o S&P 500 ter entrado em correção técnica. Os investidores estão receosos quanto às tensões entre a Ucrânia e a Rússia e aguardam o resultado da reunião de política monetária da Fed, que termina na quarta-feira.

“O que vimos é uma combinação do risco geopolítico crescente em combinação com o risco de queda do mercado desencadeado por uma Fed mais agressiva”, apontou Eddie Cheng, da Allspring Global Investments, citado pela Reuters.

Perante este cenário, o industrial Dow Jones cai 0,52%, para 34.186,64 pontos, e o S&P 500 perde 0,99%, para 4.366,64 pontos. Já o tecnológico Nasdaq cede 1,76%, para 13.610,87 pontos.

As cotadas do setor tecnológico estão sob pressão com as perspetivas de taxas de juro mais elevadas, que tornam os lucros do setor menos atrativos. A Apple perde 2,11%, para 158,21 dólares; a Amazon cai 1,19%, para 2.856,53 dólares; e a Netflix recua 0,89%, para 383,69 dólares.

Nesta altura de resultados das empresas, é também de notar a queda da General Electric, de 5,80%. A empresa superarou as expectativas de lucro dos analistas, mas não atingiu as estimativas de receita.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Receios com Ucrânia e decisões da Fed voltam a ditar quedas em Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião