Cisco junta-se à Aliança para a Igualdade nas TIC para desconstruir estereótipos de género na tecnologia

O objetivo desta iniciativa é fomentar a representação das mulheres no setor tecnológico em Portugal.

Depois da .PT, E-REDES ou Huawei, foi a vez da Cisco. A tecnológica assinou também um acordo para a adesão à Aliança para a Igualdade nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). O objetivo é fomentar a representação das mulheres no setor tecnológico em Portugal.

“A igualdade de género, a inclusão e a equidade são fundamentais para a Cisco. Acreditamos que um ambiente diverso promove uma cultura mais forte e justa e permite que as empresas alcancem novos patamares de colaboração. É com muito orgulho que aderimos à Aliança para a Igualdade nas TIC, reforçando assim o nosso compromisso para com a equidade, a justiça e a desconstrução dos estereótipos de género na área tecnológica em Portugal”, afirma Miguel Almeida, diretor-geral da Cisco Portugal, citado em comunicado.

O acordo foi assinado a 26 de janeiro, no Lagoas Park, num evento que contou com a presença de Rosa Monteiro, secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, e de diversos quadros da Cisco Portugal.

Entre os projetos neste âmbito da multinacional destacam-se o “Pay Parity Initiative”, através do qual a Cisco compromete-se a remunerar os seus colaboradores de forma justa e equitativa; o “Women of Cisco”, uma comunidade global focada na atração, retenção e desenvolvimento do talento feminino no mundo do trabalho; o “Girls Power Tech”, evento anual que oferece a mulheres e raparigas jovens a oportunidade de contactarem com mentores da Cisco; e o “Day for Me e Critical Time Off”, em que os colaboradores da Cisco podem aproveitar um dia por trimestre para descansar junto dos seus, sem que lhes sejam descontados dias de férias.

A Aliança é promovida pelo programa “Engenheiras Por Um Dia” e formalizada entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) e a Associação Portuguesa para a Diversidade e Inclusão (APPDI).

Até ao momento, esta iniciativa, que começou como um projeto-piloto numa fruto do sucesso do “Engenheiras Por Um Dia”, conta com 135 entidades parceiras, avançou Rosa Monteiro, secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, em entrevista à Pessoas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Cisco junta-se à Aliança para a Igualdade nas TIC para desconstruir estereótipos de género na tecnologia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião