Super Bock Group aumenta salário mínimo de entrada para 775 euros

  • Lusa
  • 9 Fevereiro 2022

O grupo aumentou a remuneração mínima atribuída aos seus colaboradores dos atuais 735 euros para os 775 euros, valor que fica 10% acima do salário mínimo nacional.

Os trabalhadores da Super Bock que recebem o salário mais baixo do grupo empresarial vão ter um aumento de 5,4% (40 euros), passando a receber 775 euros, foi esta quarta-feira anunciado pelo Super Bock Group.

O Super Bock Group aumentou o seu salário mínimo dos atuais 735 euros para os 775 euros, ficando esta remuneração 10% acima do salário mínimo nacional que entrou em vigor em janeiro deste ano e que é de 705 euros.

De acordo com um comunicado da Super Bock, o salário agora atualizado abrange 10% dos 1.250 trabalhadores do grupo, que tem um salário médio 60% superior ao salário médio nacional, que, de acordo com os dados do INE, é de 1.098 euros.

A empresa lembrou ainda que nos últimos dez anos atualizou sucessivamente o salário mais baixo do grupo, que cresceu dos 550 euros para os 775 euros ao longo deste período.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Super Bock Group aumenta salário mínimo de entrada para 775 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião