Eles Vêm Aí: Dinheiro não basta para atrair talento

O salário em euros ainda é determinante na atração e retenção de talento, mas tem crescido o peso de um outro tipo de compensação: o salário emocional. Ouça o novo episódio do podcast Eles Vêm Aí.

O salário em euros ainda é determinante na atração e retenção de trabalhadores, mas tem crescido o peso de um outro tipo de compensações e benefícios, especialmente num mercado em que escasseiam os recursos humanos. Em causa está o salário emocional, tema que exploramos neste episódio do Eles Vêm Aí, que conta com a participação de Ricardo Carneiro, diretor de recrutamento e seleção especializada na recrutadora Multipessoal.

“Se tivermos uma balança, a parte das remunerações e do salário em dinheiro continua a ter um peso bastante importante, mas se quisermos ter uma empresa que consiga ter uma liderança pelo talento, essa parte monetária já não chega“, sublinha o responsável.

O podcast “Eles Vêm Aí” é um projeto da jornalista do ECO Isabel Patrício. Pode ouvir os episódios e seguir o projeto aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eles Vêm Aí: Dinheiro não basta para atrair talento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião