AHRESP pede ao Governo plano de ação para apoiar as empresas

  • Lusa
  • 21 Fevereiro 2022

AHRESP apela ao Governo um plano de ação de apoio às empresas na saída da pandemia de Covid-19, pelos aumentos dos preços dos combustíveis e previsão da subida das taxas de juro.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou esta segunda-feira ao Governo um plano de ação para apoiar as empresas na sequência dos sucessivos aumentos dos preços dos combustíveis e previsão da subida das taxas de juro.

Em comunicado, a AHRESP chama a atenção para os aumentos dos preços dos combustíveis e de energia que já estão a provocar um aumento da inflação das matérias-primas e para a previsão de subida das taxas de juro, considerando-as a “tempestade perfeita” para as empresas da restauração, similares e do alojamento turístico.

No entendimento da AHRESP, estes são os “ingredientes que vão dar origem a uma tempestade devastadora com consequências imprevisíveis para as empresas da restauração, similares e do alojamento turístico”.

Segundo a associação, as “consequências estão à vista: a inflação aumentou sucessivamente desde julho de 2021, e em janeiro de 2022 registou-se a maior taxa de variação no Índice de Preços ao Consumidor (3,3% a nível global e 3,7% na classe dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas), a mais elevada desde fevereiro de 2012”.

Para a AHRESP, depois de dois anos de crise pandémica e restrições ao funcionamento, é prioritário o reforço da competitividade das empresas da restauração, similares e do alojamento turístico.

A associação considera urgente que as atividades económicas tenham “condições para contribuir para o aumento riqueza nacional e do emprego, o que só pode acontecer se não houver destruição do tecido empresarial português”.

Por isso, considera fundamental que o Governo “tenha um olhar especialmente atento a esta conjuntura económica muito preocupante”, criando um plano de ação que permita apoiar as empresas nesta fase crítica de saída da pandemia de Covid-19.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

AHRESP pede ao Governo plano de ação para apoiar as empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião