Governo vai alterar já este mês tabelas de retenção de IRS

  • ECO
  • 22 Fevereiro 2022

O Governo vai alterar as tabelas de retenção na fonte de modo a antecipar alguns dos efeitos da proposta de desdobramento do terceiro e sexto escalões do IRS.

O Governo vai adaptar já este mês as tabelas de retenção na fonte aos novos escalões de IRS, que serão incluídos no Orçamento do Estado para 2022, avança esta terça-feira o Correio da Manhã (acesso pago). A medida deverá entrar em vigor em março.

O objetivo é permitir que os contribuinte possam passar a reter menos imposto desde , em vez de terem de esperar pelo acerto de contas anual com o Fisco, em 2023, para sentirem o alívio prometido por António Costa. Isto significa que as famílias portuguesas deverão passar a levar mais rendimento líquido para casa, já a partir do terceiro mês do ano, mesmo que a entrada em vigor do Orçamento do Estado só esteja prevista para o segundo semestre.

O Correio da Manhã nota, contudo, — tal como já tinha adiantado o ECO, com base em vários fiscalistas — que esta medida não terá retroativos. Ou seja, os salários já pagos com as taxas de retenção atuais não serão recalculados. O imposto eventualmente cobrado em excesso será, então, devolvido em 2023.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo vai alterar já este mês tabelas de retenção de IRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião