Preço grossista da luz vai recuar para 246,05 euros por MWh. É menos de metade do recorde

Preço da eletricidade no mercado grossista vai atingir os 246,05 euros por MWh no sábado, isto é, menos de metade do valor recorde atingido na terça-feira, quanto ficou nos 542,78 euros por MWh.

O preço da eletricidade no mercado grossista vai voltar a recuar no sábado, atingindo uma média de 246,05 euros por megawatt-hora (MWh) em Portugal, isto é, um decréscimo de 13,5% face ao registado esta sexta-feira. Isto significa também menos de metade do valor recorde atingido na terça-feira.

O preço da eletricidade no mercado grossista vai recuar para 246,05 euros por MWh em Portugal, isto é, um decréscimo de 13,5% face à média de 284,58 euros registada esta sexta-feira, de acordo com os dados provisórios da Omie, o operador do mercado ibérico, publicados esta manhã. O preço deverá ser o mesmo para Espanha.

Trata-se, portanto, de um recuo pelo quarto dia consecutivo e representa menos de metade do máximo histórico alcançado na terça-feira, quando tocou nos 542,78 euros por MWh. O valor vai voltar oscilar significativamente durante o dia. No sábado, o mínimo será de 195,15 euros por MWh e o máximo de 292,91 euros por MWh.

Este desempenho contraria a tendência vivida nos preços do gás. Pelas 14h38, a cotação do gás estava a subir 7% para os 135,27 euros por megawatt hora (MWh), segundo o Barchart. Ainda assim, este valor situa-se bastante abaixo do recorde de 345 euros alcançado na segunda-feira, quando os preços registaram uma subida inédita de 75%. Não obstante, nos últimos cinco dias, a queda acumulada é de 30,67%.

Os preços da energia têm aumentado significativamente, com a invasão da Rússia à Ucrânia a agravar os constrangimentos já sentidos no mercado devido à pandemia.

Face à escalada dos preços dos combustíveis, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) propôs esta quinta-feira que fosse criado um modelo de supervisão para o setor petrolífero que calcule custos de referência para atividades como a refinação, a produção de biocombustíveis e a logística, garantindo ao mesmo tempo margens comerciais adequadas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preço grossista da luz vai recuar para 246,05 euros por MWh. É menos de metade do recorde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião