Direto Rússia acusada de ataque químico em Mariupol

  • ECO
  • 11 Abril 2022

Há relatos de um ataque em Mariupol com uma substância desconhecida que poderá ser química, uma possibilidade para a qual autoridades internacionais já tinham alertado.

A guerra na Ucrânia segue no seu 47.ºdia. Há notícias de fortes explosões ouvidas em Mykolaiv, no sul da Ucrânia, e ainda em Kharkiv, no nordeste. Ao final do dia, surgem relatos de um ataque com uma “substância desconhecida”, no qual poderão ter sido usadas armas químicas.

O conselheiro do ministro da Administração Interna ucraniano diz que a ofensiva russa na região do Donbass “já começou”, naquele que representa um esforço das tropas russas de tentar controlar Kiev, a capital.

Já a perspetiva de proibir o petróleo russo continua a estar longe de ser consensual entre os 27 Estados-membros, mas, segundo os ministros dos Negócios Estrangeiros da Irlanda, Lituânia e dos Países Baixos, o Executivo comunitário está a elaborar propostas em torno de um embargo petrolífero da União Europeia (UE) à Rússia, à semelhança do que Estados Unidos e Reino Unido já fizeram.

O Parlamento Europeu votou na semana passada a favor de um embargo petrolífero, mas a sua decisão não é vinculativa. No dia 5 de abril, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, revelou estar a ponderar novas sanções, incluindo sobre as importações de petróleo, baseadas em parte em propostas dos governos da UE. Essas propostas incluem a imposição de tarifas sob o petróleo russo ou a proibição de alguns produtos petrolíferos, de acordo com diplomatas europeus.

As consequências económicas do ataque continuam a amontoar-se, e o Banco Mundial informou que a economia da Ucrânia deverá contrair 45,1% este ano devido à invasão russa. Siga os desenvolvimentos da guerra neste liveblog.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rússia acusada de ataque químico em Mariupol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião