Novo diretor executivo da Startup Lisboa vem do Dubai

Nome do novo diretor executivo terá sido já apresentado pela autarquia liderada por Carlos Moedas e aprovado em assembleia geral pelos associados da incubadora.

Gil Azevedo será o novo diretor executivo da Startup Lisboa, apurou a Pessoas/ECO. O profissional, há cerca de dez anos a trabalhar no banco Emirates Islamic, vai substituir Miguel Fontes, depois de o gestor da incubadora de startups ter assumido o cargo de secretário de Estado do Trabalho.

A Câmara Municipal de Lisboa e a Startup Lisboa não comentam, mas de acordo com a informação recolhida pela Pessoas/ECO o nome do profissional terá sido já apresentado pela autarquia liderada por Carlos Moedas e aprovado em assembleia geral pelos associados da incubadora.

Os associados — além da CML, IAPMEI e o Montepio, desde 2019 a Startup Lisboa conta ainda entre os associados com a Delta Cafés, a Roland Berger e a Universidade Católica Portuguesa — optaram assim por um profissional vindo fora do ecossistema de startups e, há cerca de 10 anos, a residir no Dubai, para liderar a incubadora instalada no Hub Criativo do Beato. Desde setembro de 2015, Gil Azevedo é senior vice president, head of consummer banking do Emirates Islamic.

Antes de ingressar no Emirates Islamic, Gil Azevedo esteve cerca de 11 anos ligado à Mckinsey & Company, primeiro como business analyst e no último ano como associate principal, segundo a informação que consta no seu perfil de LinkedIn.

Gil Azevedo tem formação em Management and Industrial Engineering pelo Instituto Superior Técnico e um MBA pela Columbia University em Nova Iorque.

O profissional irá assumir funções no ano em que a Startup Lisboa assinala dez anos de existência, tendo nesse período incubado mais de 400 startups, que criaram 4.500 postos de trabalho e levantaram 340 milhões de euros de investimento.

Em mãos tem igualmente o desafio de gestão do Hub Criativo do Hub, cuja abertura — com a entrada em funcionamento de espaços como a Factory e a instalação da Claranet até ao final do ano, por exemplo — é apontada para 2022.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo diretor executivo da Startup Lisboa vem do Dubai

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião