Tesla acelera 10% após fortes resultados e impulsiona Wall Street

Depois de cair 35%, Netflix volta a deslizar 2% esta quinta-feira. Já o setor da aviação descola com a United e American Airlines a dispararem 10% com boom na procura de viagens.

Os investidores deixaram os maus resultados da Netflix para trás e estão agora de olhos postos nas contas que a Tesla apresentou esta quarta-feira. A fabricante de automóveis de Elon Musk bateu as estimativas de Wall Street e tem as ações em forte alta no arranque da sessão desta quinta-feira.

Os títulos da Tesla aceleram 10,94%, para 1.081 dólares, depois de ter anunciado receitas de 18,8 mil milhões de dólares no primeiro trimestre do ano, acima das estimativas de 17,8 mil milhões. O lucro por ação foi de 3,22 dólares, superando os 2,26 dólares esperados pelos analistas.

Também o setor da aviação está em alta, com a United Airlines e a American Airlines a somarem 11% e 9,19%, respetivamente, após terem revelado perspetivas de reservas bastante otimistas perante o boom na procura de viagens.

Em relação à Netflix, que se tornou ontem na ação com o pior desempenho do S&P 500 após afundar 35%, volta a ceder quase 2% para os 222,44 dólares.

“A temporada de resultados tem sido mista até agora. Tivemos obviamente o desapontamento com a Netflix. Provavelmente vamos ter altos e baixos numa base diária”, disse Scott Brown, economista da Raymond James, citado pela agência Reuters.

“Os investidores ainda continuam atentos ao mercado obrigacionista e à política monetária da Fed no longo prazo, e não apenas nos resultados empresariais”, acrescentou.

Neste cenário, o S&P 500 avança 1,12% e o industrial Dow Jones ganha 0,77%. O tecnológico Nasdaq sobe quase 2%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tesla acelera 10% após fortes resultados e impulsiona Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião