Acionistas da Galp aprovam distribuição de 414,6 milhões em dividendos

Acionistas aprovaram distribuição de 50 cêntimos por ação. Amorim Energia vai receber mais de 138 milhões, enquanto o Estado recebe 31 milhões. Salários do "board" custaram 10 milhões em 2021.

Os acionistas da Galp Energia GALP 0,13% aprovaram esta sexta-feira a distribuição de 414,6 milhões de euros em dividendos, mais de 80% dos lucros obtidos em 2021. O payout corresponde a um dividendo de 50 cêntimos por ação.

Deste montante, 138,2 milhões de euros vão ser entregues ao consórcio Amorim Energia, o principal acionista da petrolífera. A Parpública, que gere as participações financeiras do Estado, recebe cerca de 31 milhões de euros, segundo cálculos do ECO.

A restante parcela dos lucros de 2021, perto de 85,8 milhões, será retida pela Galp, de acordo com informação divulgada esta sexta-feira pela companhia.

Mais de 99% dos direitos de voto representados na assembleia geral votaram a favor da proposta do Conselho de Administração da Galp. Ou seja, menos de 1% votaram contra.

Numa reunião onde também foi deliberada a cooptação de novos administradores da empresa, os acionistas aprovaram ainda o Relatório Integrado de Gestão. O documento mostra que Andy Brown, CEO da petrolífera, recebeu mais de 1,2 milhões de euros em salário bruto, dos quais 887,8 mil euros em remuneração fixa e a restante parte em remunerações variáveis.

Além disso, o relatório permite concluir que o Conselho de Administração custou à Galp mais de 9,9 milhões de euros em salários no ano passado.

Na reunião, os acionistas da Galp aprovaram ainda a redução do capital social da empresa em até 9%, por eliminação de ações próprias.

Os investidores estão a aplaudir a empresa. As ações da petrolífera sobem 6%, aproximando-se de 12 euros. A subida de 2% dos preços do petróleo nos mercados internacionais também animam os títulos na bolsa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Acionistas da Galp aprovam distribuição de 414,6 milhões em dividendos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião