BCE deve começar a subir juros, mas não já em julho, defende responsável do banco central

  • ECO
  • 5 Maio 2022

Italiano Fabio Panetta, da comissão executiva do BCE, defende que se deve conhecer primeiro os números do PIB da Zona Euro relativos ao segundo trimestre antes de começar a subir os juros.

Tendo em conta as atuais circunstâncias, o Banco Central Europeu (BCE) deve começar a subir as taxas de juro, mas não o deverá fazer em julho, defendeu o membro da comissão executiva do banco central Fabio Panetta ao jornal italiano La Stampa.

Seria imprudente agir sem antes termos visto os números do PIB para o segundo trimestre e de discutirmos medidas adicionais sem termos um conhecimento completo sobre como a economia poderá desenvolver”, disse o responsável citado pelo jornal italiano.

“Não faz muita diferença se [a subida dos juros] é dois ou três meses mais cedo ou mais tarde”, acrescentou Panetta, visto como uma das “pombas” mais proeminentes dentro do BCE.

Os mercados financeiros estão a antecipar uma subida de 20 pontos base em julho – o conselho de governadores tem reunião agendada para 21 de julho — e são cada vez mais os membros do BCE a apontar para um aperto das condições financeiras na Zona Euro para dar conta de uma taxa de inflação que atingiu valores recorde de 7,5% em abril na região.

Panetta considera que o banco central deve agir. “Com a inflação atual e esperada de médio prazo nos 2%, podemos reduzir gradualmente o nível de acomodação monetária, dando menos estímulos à economia do que no passado. Face às atuais circunstâncias, as taxas negativas e as compras de ativos poderão não ser mais necessárias”, disse.

A próxima reunião do BCE acontece a 9 de junho, quando deverá ser decidido o fim das compras de ativos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE deve começar a subir juros, mas não já em julho, defende responsável do banco central

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião