Fabamaq prevê contratar 35 pessoas em 2022. Há 12 vagas disponíveis

A empresa sediada no Porto que desenvolve jogos de casino está a operar num modelo de trabalho híbrido, em que os trabalhadores têm de ir ao escritório cinco vezes por mês.

Depois de, no ano passado, ter reforçado a equipa com 57 novos colaboradores, a Fabamaq estima recrutar 35 profissionais este ano. Até ao momento, 19 pessoas já ingressaram na empresa sediada no Porto que desenvolve jogos de casino e conta já com 230 colaboradores. Atualmente há 12 vagas disponíveis. A empresa está a operar num modelo de trabalho híbrido, em que os trabalhadores têm de ir ao escritório cinco vezes por mês.

“Começámos o ano de 2022 com a previsão de contratação de 35 novos gamers (nome com que apelidamos os nossos colaboradores). Até ao momento já contratamos 19 pessoas, mas estes números acabam por ir variando devido às entradas e saídas que ocorrem do longo do ano e algumas alterações que possam surgir no roadmap dos projetos em curso. Neste momento, por exemplo, temos 12 vagas em aberto”, avança Luís Silva, head of people, interaction & brand da Fabamaq, em declarações à Pessoas.

Estas vagas já publicadas dizem respeito a diferentes áreas da operação da empresa, havendo posições mais focadas no desenvolvimento de jogos para os ambientes físico e online, mas também oportunidades ligadas à gestão de projetos, à matemática, ao motor de jogo e ao sistema operativo.

“As posições que temos em aberto atualmente de uma forma exata são: software developer – game developer, build engineer, game engine developer, operation system developer, digital game development, devops engineer, godot game development, mobile developer, IT gaming technician, mathematician, data master e delivery manager”, detalha Luís Silva.

Os interessados podem consultar as oportunidades de trabalho aqui.

5 dias por mês no escritório e bónus de 350€ para formação

No que toca ao regime de trabalho implementado na tecnológica, a Fabamaq trabalha em regime híbrido, “sendo que os gamers têm de trabalhar a partir do escritório obrigatoriamente cinco dias por mês”. “Estes são os princípios básicos que regem o modelo de trabalho, sendo que, depois, os team leaders fazem uma gestão do cumprimento destes princípios com as suas equipas de acordo com o perfil das funções envolvidas”, esclarece.

Recentemente, a empresa anunciou também o lançamento do “Fabamaq Graduation”, colocando à disposição dos seus colaboradores mais de 70.000 euros para investirem em formação. O programa financia parcial ou totalmente os cursos escolhidos por cada profissional, disponibilizando a cada um o orçamento fixo anual de 350 euros para esse efeito. São elegíveis para o programa as formações enquadradas com a área de atividade da software house que desenvolve jogos de casino.

“O ‘Fabamaq Graduation’ vem complementar ou reforçar a aposta que a empresa já fazia no desenvolvimento de competências dos seus gamers através do plano de formação anual”, afirma Luís Silva.

A empresa conta, ainda, com um programa de coaching, uma “iniciativa dinamizada por coaches certificados que temos dentro da empresa e que contribuem de forma importante para a evolução pessoal e profissional dos gamers participantes”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fabamaq prevê contratar 35 pessoas em 2022. Há 12 vagas disponíveis

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião