Barreiro vai monitorizar mobilidade urbana através da rede 5G

  • ECO
  • 19 Maio 2022

Solução implementada pela operadora Nos permitirá uma gestão mais eficiente da mobilidade urbana, através da análise do tráfego em tempo real. Recolha de resíduos também já usa o 5G.

O trânsito e a circulação de peões numa das áreas mais movimentadas do Barreiro vai ser monitorizada com recurso a analítica de vídeo sobre 5G. A tecnologia, implementada pela Nos, permite fazer uma gestão mais eficiente da mobilidade urbana, através da análise do tráfego em tempo real, afirma a empresa em comunicado.

A solução será, numa primeira fase, instalada na ligação da Avenida Parque da Cidade à Praceta Arsénio Duarte. O sistema permite a contagem de veículos pela sua tipologia, a contagem de peões e a monitorização dos fluxos pedonal e rodoviário. É possível ainda gerar um conjunto de alarmes, com base na deteção de situações irregulares, esclarece a Nos.

“Os sensores de imagem dispõem de capacidades de processamento local, pelo que não existe qualquer gravação de imagens ou áudio e o tratamento é feito de modo completamente anonimizado”, garante a operadora. No futuro, pode ser possível detetar incêndios e cheias, contabilizar carros estacionados em parques ou lugares de estacionamento, contentores do lixo abertos ou acumulação de lixo junto a contentores.

Também os resíduos urbanos do Barreiro passaram a ser geridos através de uma solução inteligente assente na nova rede móvel, que torna possível a recolha e monitorização de dados relevantes ao processo e a instrumentalização de parte da frota de viaturas para recolha de biorresíduos da autarquia, acrescenta a Nos.

“Este é um passo gigantesco na transformação da digitalização, da informação, mas acima de tudo da transformação da vida das pessoas”, afirmou o presidente da Câmara, Frederico Rosa, na apresentação do Barreiro como Cidade 5G, que decorreu na tarde de quarta-feira.

“O 5G da NOS é hoje uma realidade com que as autarquias portuguesas podem contar para acelerar decisivamente o seu processo de transição digital e responder cada vez melhor aos desafios, presentes e futuros, dos seus cidadãos”, assinalou Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da Nos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Barreiro vai monitorizar mobilidade urbana através da rede 5G

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião