Áustria dá mil euros aos contribuintes em descontos e subsídios para mitigar a inflação

Famílias e empresas receberão 6 mil milhões de euros entre 2022 e 2023, e mais 22 mil milhões de euros através da redução de impostos até 2026, como forma de travar os efeitos da inflação.

O Governo austríaco vai dar até mil euros em descontos a dinheiro, bem como em subsídios adicionais, num pacote de medidas destinado a mitigar os efeitos da inflação, anunciou esta terça-feira a Bloomberg (acesso condicionado).

A medida foi anunciada pelo chanceler austríaco, Karl Nehammer, sendo que famílias e empresas receberão um total de 6 mil milhões de euros entre 2022 e 2023. Adicionalmente, até 2026 serão ainda distribuídos mais 22 mil milhões de euros através da redução de impostos. Os valores avançados juntam-se assim aos milhões de euros já destinados pelo governo austríaco a combater o aumento dos preços da eletricidade e do gás natural.

Está claro que são tempos extraordinariamente difíceis”, referiu Karl Nehammer, acrescentando que “estamos a devolver às pessoas o dinheiro que a inflação tirou”. Em contrapartida, a taxa sobre as emissões de dióxido de carbono, a principal reforma climática do governo austríaco, vai ser adiada até outubro.

O anúncio de Karl Nehammer surge após o seu partido, o Partido Popular Austríaco, unir-se aos Verdes. Segundo uma sondagem da Bloomberg, o Governo tem caído em popularidade desde outubro de 2021, estando a perder terreno para os socialistas. Entre as principais dificuldades de Karl Nehammer está uma subida do custo de vida agravada pela guerra na Ucrânia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Áustria dá mil euros aos contribuintes em descontos e subsídios para mitigar a inflação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião