30 startups concorrem na primeira edição do “Pitch at the Beach” em Portugal. 14 são portuguesas

Entre 2 e 4 de julho, na Marina de Oeiras, 30 startups, entre as quais 14 portuguesas, vão apresentar o seu melhor pitch à procura de investimentos e parcerias que possibilitem o seu crescimento.

O “Pitch at the Beach” vai sair, pela primeira vez, do continente americano e aterrar em Portugal para três dias de novas tendências, metaverse, NFT, criptomoedas, desenvolvimento de soft skills, investimentos e networking. Entre 2 e 4 de julho, na Marina de Oeiras, 30 startups, entre as quais 14 portuguesas, vão apresentar o seu melhor pitch à procura de investimentos e parcerias que possibilitem o seu crescimento e internacionalização.

“O ‘Pitch at the Beach’ não é apenas um evento de negócios ou de networking. É um evento diferente, longe das habituais salas de hotel ou centros de congressos, num ambiente descontraído e sem hierarquias, sem crachás ou pulseiras de CEO ou CFO ou diretor de inovação. O que nós oferecemos é uma possibilidade infinita de networking onde apenas as boas ideias e experiências distinguem e aproximam os participantes”, explica Israel Pons, cofundador do “Pitch at the Beach”, em comunicado.

“Já participei em três edições no México e é um evento único, com um conjunto vastíssimo de oportunidades para startups, possibilidade de interagirem com investidores e oradores especializados em matérias de interesse e com histórias muito interessantes”, refere Eduardo Baptista Correia, CEO do Taguspark e local founder do evento.

“O ‘Pitch at the Beach’ é um evento junto à praia, aliado ao bom clima e à qualidade de vida, com uma forte ligação à inovação, ao desenvolvimento, à tecnologia, às startups e estes valores estão intimamente relacionados com o Taguspark e Oeiras Valley. A mistura destes condimentos tornou possível realizar este evento pela primeira vez na Europa e em Oeiras”, acrescenta.

Mais de 450 startups candidataram-se e apenas 30 foram selecionadas para apresentar o seu pitch perante um painel de investidores internacionais, dos quais alguns integram o grupo EBAN, o maior grupo de angel investors do mundo. Entre as selecionadas, destaque para as startups de origem portuguesa: Artshare, Bandora, CascataChuva, Explor, Funpass/FestForward, Glasson, Inocrowd, Logrise, Midiacode, Sizl, TheStarter, Timeview, Tripr e Wingdriver.

Nesta edição vão estar presentes participantes, entre startups e investidores, de mais de uma dezena de países como África do Sul, Alemanha, Canadá, Croácia, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, França, Índia, Inglaterra, México, Noruega, Portugal, Suíça, Ucrânia e Venezuela. O portefólio de investimento que estará disponível para as startups pode ascender a 80 milhões de dólares.

Os participantes vão encontrar oportunidades de networking, um concurso de pitchs e um conjunto diversificado de speakers, entre os quais Alexandre Fonseca, (coCEO da Altice Europe), Ana Figueiredo (CEO da Altice Portugal), Cátia Antunes (clinical director da Cascais Clinical Center), Francisco Sacadura (neurogiology & behavior PhD na University of Columbia), Inna Modja (young global leader da World Economic Forum), Miguel Santos (head of innovation & CSO da VF1813 Group), Miryam Lazarte (CEO da Latam Startups), Paulo Pereira (account director da Huawei), Ricardo Macieira (regional growth manager da Worldcoin), Ricardo Parreira (CEO da PHC Software), Sergei Turkov (managing partner da Server Partner), Yulia Stark (presidente da European Women’s Association) e Zev Siegl (mentor e cofundador da Starbucks).

Para saber mais e adquirir bilhetes consulte o site do evento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

30 startups concorrem na primeira edição do “Pitch at the Beach” em Portugal. 14 são portuguesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião