BCP e Galp aceleram mais de 3% e impulsionam bolsa

Europa recuperou das quedas acentuadas da véspera com investidores animados com plano de estímulos de 220 mil milhões na China. Lisboa também avançou à boleia do BCP e Galp.

Com subidas superiores a 3%, BCP e Galp impulsionaram a bolsa de Lisboa na sessão desta quinta-feira, num dia que também foi de ganhos para as praças europeias, depois das quedas acentuadas da véspera. O plano de estímulos na China trouxe algum ânimo aos investidores, depois das preocupações sobre a probabilidade de a economia global deslizar para uma recessão.

O PSI, o principal índice português, subiu 1,41% para 5,967,19 pontos, com 13 das 15 cotadas a encerrarem acima da linha de água, com destaque para os pesos pesados nacionais. O BCP ganhou 3,62% para 0,1515 euros, liderando os ganhos em Lisboa, acompanhado de perto pela Galp, cujas ações valorização 3,2% para 10,165 euros.

Os preços do petróleo estão a subir 5% esta quinta-feira, depois das quedas pronunciadas nas últimas duas sessões.

Ainda no setor da energia, a EDP Renováveis somou 1,64% para 24,16 euros e EDP ganhou 1,36% para 4,631 euros

Apenas duas cotadas fecharam em queda: a Jerónimo Martins e REN, que registaram perdas de 1,97% e 1,23%, respetivamente.

Lá por fora, o Stoxx 600, o índice de referência no Velho Continente, avançou quase 2%. Milão teve o melhor desempenho, com uma subida de 3%, enquanto os ganhos em Madrid, Paris e Frankfurt situaram-se entre 1,5% e 2,5%. Os ganhos na Europa aceleraram depois da abertura positiva de Wall Street.

A Bloomberg avançou que o Ministério das Finanças da China poderá permitir aos governos locais emitirem obrigações no valor de 220 mil milhões de dólares no segundo semestre para acelerar os investimentos em infraestruturas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP e Galp aceleram mais de 3% e impulsionam bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião