Mutualista Montepio lucra 13 milhões no primeiro semestre

Associação Mutualista Montepio Geral, liderada por Virgílio Lima, viu os lucros subirem mais de 8% na primeira metade do ano. Destaca aumento do número de associados e resultados do banco.

A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) fechou o primeiro semestre com um lucro de 12,9 milhões de euros, uma subida de 8,4% em relação ao mesmo período do ano passado. O grupo antevê resultados positivos em todas as empresas este ano, incluindo banco e seguradoras.

A instituição liderada por Virgílio Lima dá conta de uma subida da margem associativa – receitas menos despesas com associados – para os 87 milhões de euros nos seis primeiros meses do ano, mais 23% quando comparado com o período homólogo. E destaca o aumento do número de associados: são mais 1.895 associados do que no final do ano passado, totalizando os 603,5 mil.

“O crescimento da base associativa revela uma inversão da tendência de perda de associados que se verificava desde 2015, iniciada já no último trimestre de 2020 e consolidada no ano de 2021”, salienta a maior mutualista do país.

Também a situação líquida da AMMG registou uma melhoria de quase 20 milhões, passando para os 339,6 milhões de euros.

Por tudo isto, o presidente Virgílio Lima, que substitui Tomás Correia no final de 2019 e foi reeleito no final do ano passado, assegura que está a cumprir o que prometeu: “Arrumámos a casa, temos agora uma nova organização do grupo mais simplificada, com uma equipa coesa e focada, o que se reflete nos resultados do primeiro semestre do corrente ano”.

A AMMG tem como principal ativo o Banco Montepio, que “registou o melhor semestre dos últimos 12 anos”, com um lucro de 23,3 milhões de euros. Lima salienta que o banco, que tem uma nova administração desde o início do mês, mantendo-se Pedro Leitão como CEO, “está hoje mais bem preparado com uma equipa rejuvenescida, mais reduzida e focada”.

Além do banco, também detém as seguradoras Lusitânia e Lusitânia Vida que, apesar da exposição à volatilidade dos mercados, por causa da guerra, deverão fechar o ano com resultados positivos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mutualista Montepio lucra 13 milhões no primeiro semestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião