Direto Depósito de munições explode na Crimeia. Rússia admite sabotagem

  • ECO
  • 16 Agosto 2022

Depósito situa-se na aldeia de Maiskoye, no norte da Crimeia. Habitantes foram evacuados. A Ucrânia não confirmou ainda oficialmente a responsabilidade pelas explosões.

Um depósito de munições explodiu esta terça-feira na Crimeia, confirmou a agência de notícias russa TASS, que cita Sergei Aksyonov, o governador da região nomeado por Moscovo.

A infraestrutura situa-se na aldeia de Maiskoye, perto de Dzhankoi, no norte da Crimeia e os habitantes estão a ser evacuados. A Ucrânia não confirmou ainda oficialmente a responsabilidade pelas explosões na Crimeia.

O ministro russo da Defesa, Sergei Shoigu, disse que não houve estragos significativos e que o fogo deflagrou no armazém temporário de munições.

Shoigu falou por telefone com secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, sobre a segurança da central nuclear de Zaporijia, no sul da Ucrânia, controlada por tropas de Moscovo.

“Sergei Shoigu conduziu negociações por telefone com o secretário-geral da ONU, António Guterres, sobre as condições para o funcionamento seguro da central nuclear de Zaporijia”, anunciou o Ministério da Defesa russo em comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depósito de munições explode na Crimeia. Rússia admite sabotagem

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião