“De um modo geral, em Portugal os políticos não são bem pagos”, diz Alexandra Leitão

  • ECO
  • 19 Agosto 2022

A ex-ministra diz que os membros do Governo "são mal pagos” não apenas “pelo volume de trabalho, mas pela responsabilidade” que têm e é contra uma polarização do Governo com o Chega.

A antiga ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, defende, em entrevista ao Expresso (acesso pago), que os “cargos executivos do Governo são mal pagos” não apenas “pelo volume de trabalho, mas pela responsabilidade e pela visibilidade” que têm.

Acho, por exemplo, os presidentes de câmara municipal e em geral, os autarcas, são muito mal pagos. De um modo geral, em Portugal os políticos não são bem pagos”, acrescenta ao semanário. Questionada sobre o atual regime de transparência para os titulares de cargos políticos e públicos, a deputada considera que “genericamente, é um regime adequado e que em algumas situações até se afigura bastante restritivo”, mas sublinha que “é excessivo” no que toca ao facto de não se puder “ter parentesco com a liderança do grupo ou com qualquer pessoa” de um grupo parlamentar.

Em entrevista ao Expresso, a ex-ministra diz ainda que “o PS não pode tornar a não ter comparência nas presidenciais” e, apesar de assumir que “ainda é cedo” para levantar essa questão, defende que Augusto Santos Silva daria um bom Presidente da República. Alexandra Leitão considera também que “o Governo também tem tido alguma utilidade em polarizar com o Chega”. “E isso sim, eu acho que é um erro. Não vale a pena fingir que não existem, mas polarizar e fazer deles o centro da oposição não”, conclui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“De um modo geral, em Portugal os políticos não são bem pagos”, diz Alexandra Leitão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião