ANI vai acelerar 15 projetos académicos e convertê-los em negócios. Candidaturas abertas

As candidaturas estão abertas até 9 de outubro (edições Norte e Alentejo) e até 30 de outubro (edição Centro)

Estão abertas as candidaturas para o BfK INNOV@Rise, promovido pela Agência Nacional de Inovação (ANI), que vai acelerar 15 projetos empreendedores nascidos na academia. Os participantes vão receber mentoria de negócio, capacitação intensiva e treino de pitch para impulsionarem a entrada dos projetos no mercado. As candidaturas estão abertas.

“Através deste programa, a ANI pretende transformar 15 projetos académicos em negócios. Em linha com a nossa missão, esperamos contribuir para valorizar o conhecimento e inovação da academia e acelerar a sua passagem para o tecido empresarial. Multidisciplinaridade, colaboração e capacitação intensiva são os três conceitos base do programa BfK INNOV@Rise”, afirma João Borga, administrador da ANI, em comunicado.

O programa procura projetos de equipas de investigadores, estudantes de mestrado, doutoramento, recém-licenciados ou empreendedores com ligações às entidades Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN). Serão dinamizadas três edições: norte, centro e Alentejo, entre novembro de 2022 e março de 2023.

O BfK INNOV@Rise vai atribuir também 45 mil euros em prémios monetários (três mil euros por projeto) para o desenvolvimento da prova de conceito/protótipo.

“As equipas devem candidatar-se com um projeto de forte base científica e tecnológica, devem ser multidisciplinares e constituídas por, no mínimo, três elementos, um dos quais com perfil empreendedor (desenvolvimento de negócio e comercial)”, detalha a ANI.

As candidaturas para as edições no norte e Alentejo decorrem de 8 de setembro a 9 de outubro, enquanto a edição centro recebe candidaturas de 10 a 30 de outubro. Os registos devem ser feitos aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ANI vai acelerar 15 projetos académicos e convertê-los em negócios. Candidaturas abertas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião