Escritórios de advogados não “fecham” portas a semana de trabalho de 4 diaspremium

Vários países estão a começar a testar a semana de trabalho de 4 dias. Em Portugal ainda existem muitos receios. Os advogados contactados não excluem essa possibilidade, mas não para já.

Gostava de passar a ter uma semana de trabalho de quatro dias e sem corte salarial? Este é um modelo que começa a ganhar adeptos pelo mundo. Islândia, Espanha, Bélgica e Reino Unido são alguns dos países que estão a levar a cabo projetos-piloto.Por exemplo, na Bélgica os trabalhadores vão passar a ter direito a uma semana de trabalho de quatro dias, sem corte no salário, no âmbito de uma reformulação da lei do trabalho proposta pelo Governo. Os colaboradores escolhem uma semana de trabalho para os quatro dias por um período de seis meses. Ainda assim, as empresas poderão negar o pedido, mas terão de justificar a decisão.Em Portugal são poucas as empresas que testaram até ao momento a redução do horário laboral, havendo ainda muitos receios associados a esta mudança. Segundo um estudo

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos