Itália deve crescer menos e ter maior défice

Más notícias vindas da Itália. A Reuters avança que o governo italiano vai cortar a previsão de crescimento económico e aumentar as projeções para o défice deste e do próximo ano.

Itália vai revelar as bases macroeconómicas para o próximo orçamento, mas não deverá haver boas notícias. Há, segundo uma fonte governamental citada pela Reuters, problemas no crescimento económico, principalmente por uma previsão em baixa da procura interna no segundo trimestre, que levam o PIB para uma subida de apenas 0,9%.

Já a meta do défice deve agravar-se ligeiramente para os 2,4%, em comparação com a meta de 2,3% anteriormente estabelecida pelo executivo. Estes números surgem antes do prazo de 15 de outubro para o envio do orçamento do Estado para a Comissão Europeia.

Ao confirmarem-se estes dados negativos pode abrir-se um conflito com as instituições europeias. Recentemente, a Comissão Europeia tinha alertado o governo de Matteo Renzi para não aliviar as metas fiscais acordadas.

Uma das maiores preocupações de Bruxelas é a dívida pública que subiu aos 132% do PIB, a maior da zona euro se excluirmos a Grécia. Até Portugal, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal em março, tem uma percentagem menor em relação ao PIB: 128,9%.

A terceira maior economia europeia não tem conseguido recuperar: o crescimento do PIB do segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre foi nulo e, em comparação anual homóloga, a economia está a crescer apenas 0,8%. A meta do governo para 2016 situa-se nos 1,2%.

Editado por Paulo Moutinho

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Itália deve crescer menos e ter maior défice

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião