Em atualização Comissão insiste na suspensão de fundos a Portugal

Os eurodeputados condenam suspensão dos fundos. Só o o coordenador do Partido Popular Europeu (PPE) na Comissão de Economia, Albertt Dess, é a favor.

A discussão sobre a eventual suspensão dos fundos comunitários a Portugal está difícil. A Comissão Europeia continua a defender de forma rígida a suspensão dos fundos, enquanto a maior parte dos deputados do Parlamento Europeu é contra a suspensão. Uma posição que têm reiterado ao longo do encontro que teve início às 17h00 de Lisboa.

“Até agora só o coordenador do Partido Popular Europeu (PPE) na Comissão de Economia, Albertt Dess, é a favor”, avançou ao ECO uma fonte comunitária.

Recorde-se que nesta reunião do PE com a Comissão Europeia, à margem da sessão plenária, se discute a possível suspensão de fundos estruturais a Portugal e Espanha à luz dos procedimentos por défice excessivo, no chamado ‘diálogo estruturado’, com caráter consultivo.

O executivo comunitário só depois deste ‘diálogo estruturado’ com o PE elaborará uma proposta, mas a decisão cabe ao Conselho de Ministros das Finanças da UE (Ecofin).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comissão insiste na suspensão de fundos a Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião