Procura por energia vai alcançar pico em 2030

  • Rita Atalaia
  • 10 Outubro 2016

O World Energy Council diz que as novas tecnologias e políticas mais restritas vão transformar o setor energético. A procura global por energia deve alcançar um pico em 2030.

A procura global por energia vai tocar um pico em 2030 graças às novas tecnologias e políticas governamentais mais restritas. As conclusões são do World Energy Council, que diz que o crescimento da energia solar e eólica vai continuar, enquanto o carvão e o petróleo devem recuar.

O relatório revela que a procura por energia por pessoa — incluindo combustíveis para os transportes, aquecimento e eletricidade — vai começar a cair depois de 2030. O grupo de académicos, energéticas e organismos do setor público falam de um “mundo novo para o setor energético” e referem-se a uma “grande transição”.

"Estão a surgir tendências disruptivas, que vão criar um novo mundo para o setor energético”

World Energy Council

A energia solar e eólica correspondeu a apenas 4% da geração de energia em 2014, mas podem fornecer até 39% até 2060, enquanto a energia nuclear e hidrelétrica também deve crescer. E, embora a procura por energia possa começar a cair, a procura por eletricidade vai duplicar até esse ano, diz o conselho. Este aumento vai exigir um maior investimento em infraestruturas que promovam a eficiência energética.

Analisando o importante mercado petrolífero, o organismo diz que o petróleo alimentou 92% dos veículos em 2014, mas que essa percentagem deve diminuir para apenas 60% a 78% a longo prazo, uma vez que os veículos elétricos estão a tornar-se cada vez mais populares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Procura por energia vai alcançar pico em 2030

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião