Renovação de frotas de autocarros aposta nos elétricos

António Costa tem como meta ter 1.300 veículos elétricos na administração pública. E as frotas de autocarros também vão olhar para a vantagem dos elétricos.

António Costa, o primeiro-ministro, criticou o abandonar da mobilidade elétrica por parte do anterior executivo. Mas deixou a garantia de que o seu Governo vai voltar a apostar nos elétricos, seja através dos veículos da administração pública, seja numa aposta em autocarros elétricos na renovação das frotas das empresas públicas.

Vamos “reposicionar-nos e avançar” na mobilidade elétrica, garantiu o chefe do executivo no debate quinzenal realizado no dia em que vai ser entregue na Assembleia da República a proposta de Orçamento do Estado para 2017. E isso “já é visível na instalação de rede carregamentos nas autoestradas”.

O foco do Governo na mobilidade elétrica será visível através dos transportes públicos. “A renovação das frotas de autocarros das empresas públicas terão em conta a mobilidade elétrica”, disse o primeiro-ministro.

António Costa sublinhou que tem ainda como meta a existência de “1.300 veículos elétricos na administração pública”, sendo que para alcançar esse número será feito um investimento na aquisição de “180 já em 2017”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Renovação de frotas de autocarros aposta nos elétricos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião