Web Summit: Startups levantaram mais de mil milhões depois dos eventos

Empresas que participaram nos eventos em 2015 conseguiram somar mais de 908 milhões de euros, mil milhões de dólares, em rondas de financiamento.

Depois do Web Summit de 2015, em novembro do ano passado, em Dublin, as startups que participaram no evento conseguiram angariar investimento no valor de mais de 908 milhões de euros, o equivalente a mil milhões de dólares, anunciou a organização do evento no blog oficial. O valor angariado diz respeito, não apenas ao evento de Dublin mas também ao Collision, nos Estados Unidos, ao RISE, em Hong Kong e ao MoneyConf, em Madrid.

“Gostamos de pensar no Web Summit como um espaço de encontro para pessoas e fundadores para o presente e para o futuro. Por isso é que entre mais de 50 mil pessoas que vão estar connosco em Lisboa em novembro, vamos ter também representantes de marcas como o Facebook, a General Eletric, a Amazon e a Coca-Cola, entre os CEO e fundadores de alguns dos projetos mais excitantes de startups em todo o mundo”, explica fonte do Web Summit, no post.

Uma das empresas a anunciar uma ronda de financiamento na sequência do evento foi a portuguesa Uniplaces que, em Dublin, anunciou uma ronda de financiamento de 22 milhões de euros — 24 milhões de dólares — em Séries A.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Web Summit: Startups levantaram mais de mil milhões depois dos eventos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião