Banco de Portugal só escolhe modelo de venda do Novo Banco quando receber propostas finais

  • ECO
  • 27 Outubro 2016

Há cinco interessados na compra do Novo Banco, que terão de apresentar as suas propostas finais até 4 de novembro.

O Banco de Portugal só vai escolher o modelo de venda do Novo Banco depois de receber as propostas finais dos cinco interessados no banco que resultou do antigo BES, adianta, esta quinta-feira, o Dinheiro Vivo.

Há dois modelos possíveis: venda direta a compradores institucionais ou dispersão de parte do capital em bolsa. BPI, BCP, Apollo/Centerbridge e Lone Star estão interessados no primeiro modelo, enquanto os chineses do grupo Misheng estão interessados no segundo.

Todos têm até 4 de novembro para entregar as propostas finais e só depois dessa data é que o Banco de Portugal tomará a sua decisão.

Se o processo de venda não correr como planeado, será necessária uma reestruturação mais profunda ao Novo Banco. Concretamente, se o banco não for vendido até ao final do ano, terá de avançar com uma redução de mais de 500 funcionários.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banco de Portugal só escolhe modelo de venda do Novo Banco quando receber propostas finais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião