Burro e Ferrari ficam nas boxes. Não há corrida em Lisboa

O PSD/Lisboa cancelou corrida entre burro e Ferrari após pronúncia da provedora dos Animais. Lamenta que os cidadãos do município sejam privados de conhecer o desfecho desta corrida.

O PSD de Lisboa cancelou hoje a corrida entre um burro e um Ferrari agendada para sexta-feira, referindo que foi proibida pelo município, mas a provedora dos Animais da capital diz que apenas foi feita uma recomendação. A Câmara Municipal de Lisboa sublinha isso mesmo, acrescentando que esse mesmo parecer “não é uma proibição”.

“O PSD Lisboa recebeu hoje uma notificação da Câmara da capital proibindo a realização da 2.ª edição da corrida entre um burro e um Ferrari”, informou o partido numa nota enviada às redações. Contudo, a provedora dos Animais, Inês Sousa Real, disse à Lusa que não proibiu a corrida, mas recomendou ao partido “que não utilizassem o animal” na iniciativa, uma vez que “poderia pôr em causa o seu bem-estar”.

Em comunicado, CML demarca-se da proibição. Afirma que soube da “existência de um parecer da Provedora Municipal dos Animais de Lisboa, o qual recomenda ao PSD que não utilize um burro nessa corrida”. Mas, “não só esse parecer não proíbe a iniciativa, como a Provedora Municipal dos Animais de Lisboa é uma estrutura independente dos serviços da Câmara”, nota.

O PSD de Lisboa anunciou na quarta-feira que iria recriar a corrida entre um burro e um Ferrari que o atual primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara da capital, António Costa, organizou em 1993 numa campanha para as eleições autárquicas.

O objetivo da iniciativa, entre a Cidade Universitária e o Saldanha, era mostrar as dificuldades decorrentes das obras do município.

“Na sequência destes acontecimentos, anuncia-se o cancelamento da 2.ª edição da corrida entre um burro e um Ferrari, lamentando que os cidadãos do município sejam privados de conhecer o desfecho desta corrida”, refere o comunicado do PSD.

(Notícia atualizada às 22h00 com o comunicado da Câmara Municipal de Lisboa)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Burro e Ferrari ficam nas boxes. Não há corrida em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião