5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Hoje é o primeiro dia no resto da vida do BCP, assim que os acionistas aprovarem a "entrada" da Fosun no banco. Bruxelas atualiza as previsões. E como reagem os mercados à vitória de Trump?

Dia de grandes emoções para quem investe nos mercados. Porquê? Desde logo porque o BCP leva à consideração dos seus acionistas duas propostas que vão abrir ainda mais as portas à entrada do grupo chinês Fosun no banco português. Lá por fora, a Comissão Europeia apresenta as previsões de outono. E os nervosos porque Donald Trump é o novo inquilino da Casa Branca.

Dia BCP

É o primeiro dia do resto da nova vida do BCP. A assembleia geral de acionistas vai aprovar esta tarde mais duas condições que vão permitir a entrada do grupo chinês Fosun no capital do banco. Além disso, há contas trimestrais para reportar. Depois de uma primeira metade do ano em que os prejuízos de quase 200 milhões de euros.

Sonae presta contas

Também a retalhista dona do Continente, a Sonae, vai reportar as contas do terceiro trimestre. O CaixaBI estima que a cotada liderada por Paulo de Azevedo e Ângelo Paupério terá fechado os primeiros nove meses do ano com um lucro de 114 milhões de euros, o que representa uma queda de 20% face ao período homólogo.

Emprego em Portugal

O Instituto Nacional de Estatística (INE) atualiza os números do desemprego em Portugal, relativo ao terceiro trimestre deste ano. Além dos dados sobre o mercado laboral, o INE apresenta ainda as estatísticas do comércio internacional (relativo a setembro de 2016) e ainda as estatísticas dos transportes e comunicações (2015).

Como vai esta União

A Comissão Europeia atualiza esta manhã as suas previsões económicas para os estados membros da União. Incluem-se ainda projeções relativas a outras grandes economias mundiais. As previsões abrangem um período de, pelo menos, dois anos e cobrem cerca de 180 variáveis.

O novo presidente disto tudo

Os norte-americanos foram chamados a votar no sucessor de Barack Obama. E os resultados já foram conhecidos. Donald Trump é o novo Presidente dos EUA. Como vão reagir os mercados? Bem, já se sabia que os mercados não iam reagir bem…

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião