TAP vai vender participação em lojas de aeroportos

  • Tiago Varzim
  • 14 Novembro 2016

Não se sabe por quanto é que a TAP está a vender 51% da Lojas Francas de Portugal à VINCI Airports, empresa detentora da ANA. As duas empresas estão em negociações.

A TAP está em negociações para vender a participação na empresa Lojas Francas de Portugal (LFP). A empresa de aviação portuguesa invoca a possível rescisão das licenças da LFP, concedidas pela ANA Aeroportos de Portugal, em 2017. Não se conhece o preço da operação.

“A concretização das negociações está sujeita a, entre outros, um processo de due diligence que agora se abre, e à aprovação por parte das autoridades da concorrência. A conclusão do negócio deverá estar fechada durante o primeiro trimestre de 2017″, explica o comunicado de imprensa enviado esta segunda-feira de manhã às redações.

A participação da TAP de 51% vai ser vendida à VINCI Airports, empresa detentora da ANA. Os outros 49% da Lojas Francas de Portugal continuarão nas mãos do grupo Dufry.

O comunicado não divulga quanto é que a TAP vai receber pela venda da sua parte da LFP, mas garante que a relação comercial entre as duas empresas continuará. A Lojas Francas de Portugal emprega cerca de 400 trabalhadores, esta presente em cinco aeroportos (Lisboa, Porto, Faro, Madeira e Açores) e tem 29 lojas no total.

Editado por Paulo Moutinho

Comentários ({{ total }})

TAP vai vender participação em lojas de aeroportos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião