Moscovici: “Não haverá novas medidas com crescimento forte”

Comissário europeu sublinha que Portugal não vai ser alvo de sanções devido aos bons resultados.

Há várias boas notícias para Portugal. “Há um caminho que está a ser seguido e deve continuar a ser seguido”, disse esta manhã, em Lisboa, Pierre Moscovici, comissário europeu para os Assuntos Económicos, sublinhando que Portugal tem sido “um bom aluno” e elogiando os esforços dos portugueses.

“Portugal é melhor aluno, é de todos os que tem o risco menos elevado de não conformidade, de não cumprir as metas”, disse, acrescentando que o país se encontra “no caminho de saída” do procedimento por défices excessivos.

Moscovici está esta sexta-feira em Lisboa, dois dias depois de, em Bruxelas, ter anunciado que Portugal não será alvo de sanções, uma decisão tomada pela Comissão na sequência dos bons resultados do PIB, anunciados por Mário Centeno um dia antes.

“Não houve suspensão de fundos, e não haverá novas medidas desde que os números de crescimento sejam fortes. É preciso continuar”, explicou o responsável europeu.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Moscovici: “Não haverá novas medidas com crescimento forte”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião