Apollo ainda estará na corrida pelo Novo Banco

  • ECO
  • 6 Dezembro 2016

Há três candidatos na corrida pelo Novo Banco, que deverá conhecer o novo dono até ao final do ano.

O consórcio dos private equities norte-americanos Apollo e Centerbridge ainda estará na corrida pelo Novo Banco. Segundo a edição desta terça-feira do Jornal de Negócios, o consórcio é um dos três candidatos que estão em negociações com o Banco de Portugal para comprar a instituição que resultou da resolução do Banco Espírito Santo (BES).

O Negócios escreve que o Apollo/Centerbridge, a Lone Star e o grupo China Minsheng ainda têm agendadas várias sessões negociais com a equipa responsável pela venda do Novo Banco. As reuniões deverão prolongar-se, pelo menos, até ao final desta semana.

É, assim, cada vez mais certo que o comprador do Novo Banco não será nacional, já que BCP e BPI estarão fora da corrida.

O banco liderado por António Ramalho deverá conhecer um novo dono até ao final deste ano e, segundo Marques Mendes, são os chineses do China Minsheng quem apresenta a proposta mais forte.

De acordo com a edição de ontem do Público, o grupo Minsheng quer ficar com 100% do Novo Banco através de um aumento de capital, com 50% das ações garantidas e dispersão em bolsa do remanescente ao longo dos dois anos seguintes. Já o Lone Star fica com a totalidade do Novo Banco se tiver escolha de ativos.

Comentários ({{ total }})

Apollo ainda estará na corrida pelo Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião