Peúgas outra vez? 6 formas de trocar presentes por dinheiro

Recebeu um par de meias este natal? Não gostou? O ECO sugere-lhe seis plataformas onde pôr as prendas à venda para utilizar o dinheiro no que realmente queria.

No natal trocam-se presentes. Procura-se prendas originais. E tenta-se acertar no que os nossos amigos e familiares querem receber. Mas nem sempre se consegue. Recebeu mais uma vez um par de peúgas? Não desanime.

Pela calada da noite, nada impede que ponha à venda as prendas de que não gostou. O que não serve para uns serve para outros. Por isso, o ECO sugere-lhe seis plataformas para converter presentes em dinheiro para depois comprar o que realmente queria. Basta um pouco de sorte e engenho. Não para embrulhar, mas para empacotar.

6. Há Tudo

O Há Tudo é um site de classificados. E como permite a inserção de anúncios grátis, visíveis durante 30 dias, pode ser uma boa opção para converter em dinheiro alguma coisa que lhe deram no natal. Se, por acaso, o ano foi mesmo, mesmo mau no que toca a presentes, o Há Tudo permite ter até cinco anúncios ativos ao mesmo tempo. Experimente.

5. Fnac Marketplace

Na loja online da Fnac, é possível pôr à venda produtos em segunda mão, desde que também sejam artigos comercializados pela Fnac. É uma boa opção para despachar aparelhos eletrónicos que lhe ofereceram mas que sabe que não vai usar. Se surgir alguém interessado, a plataforma Fnac Marketplace permite contactar o cliente, despachar a encomenda e receber finalmente o seu dinheiro.

4. Cash Converters

Se não quiser esperar por um comprador, a Cash Converters fornece serviços de compra e venda de artigos. A empresa faz as compras nas lojas físicas, na região de Lisboa e no Porto: “Negociamos os preços de todos os produtos que compramos de forma transparente”, garante. Por isso, pode sempre marcar uma hora e dirigir-se a um dos estabelecimentos, sendo praticamente certo que receberá pelos produtos um valor inferior ao que eles realmente valem. Consulte o site para mais informações.

3. Mercado Livre

O Mercado Livre é um site português de classificados, mas não tão conhecido. Ainda assim, permite criar anúncios detalhados de forma gratuita e com até seis fotografias por anúncio. Todo o site está organizado por categorias: certifique-se de que escolhe a correta para ter maior taxa de sucesso na venda “daquela” prenda.

2. CustoJusto

Pode aproveitar também para criar um anúncio no CustoJusto. Indique a localização relativa onde pretende fazer a venda, os seus contactos e alguns dados pessoais. Depois, junte umas fotografias, escolha a categoria certa e pronto. É como pôr um anúncio no jornal. Ficará na plataforma durante 60 dias, ou até fazer a venda.

1. OLX

A solução mais flagrante é pôr o artigo à venda no OLX, uma das mais populares plataformas de vendas em Portugal. Criar um anúncio é grátis e nem sequer precisa de registo. Só tem de especificar os detalhes do que está a vender, inserir os seus contactos e a localização. Juntamente com umas fotografias, é o que basta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Peúgas outra vez? 6 formas de trocar presentes por dinheiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião