Bankinter: “Temos ganas de fazer bem as coisas em Portugal”

Maria Dolores Dancausa, presidente executiva do Bankinter, faz um "balanço extremamente positivo" dos primeiros meses em Portugal. Mas descarta mais compras no mercado nacional.

“Temos ganas de fazer as coisas bem”, declarou Maria Dolores Dancausa, presidente executiva do Bankinter sobre os primeiros meses da operação em Portugal. “Vemos Portugal com muita esperança”, frisou a responsável.

O banco espanhol finalizou a compra dos negócios do Barclays em Portugal a 1 de abril de 2016. O lucro antes de impostos da operação portuguesa situou-se nos 7,7 milhões de euros nos nove meses, um resultado que leva Dolores Dancausa a fazer um “balanço extremamente positivo” acerca dos primeiros meses de atividade no mercado português.

Interessados em mais compras em Portugal? “Estamos encantados com a operação que temos em Portugal. Estamos a fazer a integração. É isso que vamos fazer. Pretendemos crescer organicamente. (…) Queremos crescer em Portugal, criar dimensão. Queremos lançar produtos e serviços novos, apesar a reduzida dimensão mercado”, adiantou a CEO do Bankinter durante a apresentação dos resultados do banco, em Madrid.

Dolores Dancausa lembrou que o facto de a “banca estar a passar por um período de reestruturação” representa “uma boa oportunidade para o Bankinter neste momento em Portugal”.

Carlos Brandão, o presidente do Bankinter Portugal, acrescentou que o objetivo do banco passa por captar mais clientes empresariais, mantendo a competitividade no mercado de particulares.

O Bankinter registou um lucro recorde de 490 milhões de euros em 2016, mais 30,4% do que no ano anterior, um resultado que ficou ligeiramente abaixo das expectativas do mercado, que apontava para um lucro de 498,5 milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bankinter: “Temos ganas de fazer bem as coisas em Portugal”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião