Cristina Ferreira tem projetos em vista com dona da New in Town

Estrela da TVI vai fechar a revista "Cristina" mas já tem novos projetos editoriais em carteira com a MadMen, dona do site de lifestyle New in Town.

A apresentadora e estrela da TVI Cristina Ferreira tem em carteira novos projetos editoriais com a MadMen, dona do site de lifestyle New in Town (NiT), de Jaime Martins Alberto e Ricardo Martins Pereira, sabe o ECO.

A revista mensal de Cristina Ferreira vai pela última vez para as bancas este mês mas a apresentadora de “Você na TV” deverá continuar a apostar a área dos conteúdos editoriais como forma de explorar a sua imagem.

Contactados pelo ECO, nem Cristina Ferreira, nem Ricardo Martins Pereira (MadMen) quiseram adiantar mais informações.

Martins Pereira revelou que não estão previstas neste momento quaisquer parcerias entre a estrela da TVI e a NiT. “O que não impede trabalhos pontuais com Cristina, tal como outros influenciadores sociais com quem temos trabalhado”, salientou o jornalista. “Cristina é uma influenciadora de topo“.

O ECO sabe que a MadMen, que além de deter o site NiT explora também na área do corporate, tem clientes que pretendem trabalhar com Cristina Ferreira em função da elevada notoriedade pública da apresentadora cuja presença nas redes sociais é impactante: mais de 1,6 milhões de gostos no Facebook e 443 mil seguidores no Instagram. A página de Facebook do Daily Cristina, o blog de moda de Cristina Ferreira, tem mais de 400 mil gostos.

O último número da revista Cristina sai na próxima segunda-feira, dia 6. Nuno Santiago, presidente executivo da Masemba, empresa portuguesa que detém o título, disse tratar-se de um “divórcio amigável”, confirmando o fim da “parceria da Cristina com a Masemba”. “Mas não sei se a revista vai mesmo acabar“, disse ainda.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Cristina Ferreira tem projetos em vista com dona da New in Town

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião